Páginas

domingo, 4 de novembro de 2007

Os quatro elementos



A Energia da mãe natureza nunca precisou de alarde para se fazer presente, ela sempre existiu, mesmo quando passa a desapercebido até mesmo aos olhos de pessoas que se julgam tão sensíveis.
Respeitar as forças de seus elementos seria a forma mais sensata de se prestar culto a toda criação, afinal são elas as responsáveis por toda a vida neste planeta.
Elementais se desdobram em esforços em defendê-las do ser humano, tão arrogante a ponto de dizer não acreditar nestes seres invisíveis ao mesmo tempo em que num paradoxo podem ser vistos apregoando crenças em divindades tão palpáveis quanto estes.
Reza a lenda que a terra se misturou com a água para que moldada dessa forma e seca ao fogo do sol recebesse um sopro divino e assim deu origem ao homem.
E conta a história que mesmo o homem sendo filho destas quatro forças desde sua criação procurou criar divindades a sua semelhança para a elas prestar reverências se esquecendo assim de onde veio e que esta imagem e semelhança se encontra presente em sua essência e não em sua forma física, desprezando assim a verdadeira força vital.
E é por isto que hoje eu, na forma de uma pipa, que tremula no ar, tento passar minha mensagem utilizando a voz do vento e resgatar assim a verdadeira história.
Debicando hora para a direita, hora para a esquerda, rasgando e enfeitando o céu com papeis de seda colorida presto homenagem a quem é de mérito e direito...
Três vivas a cada um dos quatro elementos!!!


Ayahuasca

2 comentários:

Tatiana Mamede disse...

Sejas então vento e água e fogo e terra.

Procedei à aragem, ventilai o útero divino, aquecei o coração do maná que alimenta teus caminhos.

Renasças, mil vezes renasças, mil vezes abençoe e celebre a Terra que te pare.

Que assim seja e assim se faça!
Que assim seja e assim se faça!
Que assim seja e assim se faça!

Aya disse...

"Multipliquei-me para me sentir.
Para me sentir, precisei sentir tudo.
Transbordei, não fiz senão extravasar-me, despir-me.
Entreguei-me...
E há em cada canto de minha alma um altar a um Deus diferente."

Bjs a todos
Aya